Navegadores pretendem bloquear publicidades personalizadas

A utilização de ferramentas de publicidade estão preocupando os navegadores Google e Mozilla quanto a privacidade dos usuários na rede, segundo informações da BBC. Os navegadores estão trabalhando para que os usuários possam decidir se gostariam ou não de receber a publicidade personalizada.

O Google informou que o Chrome irá permitir que os usuários saiam por completo desse sistema instalando uma extensão no navegador, mas deixarão de receber os anúncios somente de empresas que aderirem à iniciativa. O Google acredita que a instalação da extensão pode fazer com que o usuário passe a ver anúncios que não são relevantes para ele, informou a BBC. A abordagem da Mozilla é diferente, e incluirá um botão no Firefox que avisará ao site visitado que o usuário não gostaria de receber publicidade personalizada.

Já a Microsoft anunciou que o Internet Explorer 9 será lançado com uma ferramenta que bloqueia sites que façam rastreamento online.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *